Untitled Document
Untitled Document
pten

O desenvolvimento econômico e social de uma região passa pela profissionalização das atividades e qualificação de mão-de-obra. Com unidades em pontos estratégicos do estado, o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP) vem implementando treinamentos técnicos especializados (TTE) com foco no incremento da competitividade territorial. Entre os cases de sucesso, está o TTE ofertado pelo Centro Tecnológico de Laticínios, em Garanhuns, em atendimento à demanda do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

Em 2014, foi diagnosticada pela Adagro - Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária - a necessidade de atualização dos profissionais da região em relação às boas práticas e novas tecnologias voltadas ao setor de laticínios, conhecimentos essenciais para exercer a Responsabilidade Técnica (RT). “O ITEP idealizou o curso para orientar e sanar dúvidas dos profissionais em relação à Responsabilidade Técnica na área de laticínio. Abordamos conceitos importantes sobre legislação, ética profissional, atividades de laboratório, visitas técnicas, etc”, conta a veterinária Vânia Lemos, que atua na coordenação de operações do CT Laticínios.

O curso trouxe ganhos tão importantes que passou a ser obrigatório para exercer a RT na área de Laticínios e, atualmente, é oferecido pelo próprio conselho de classe. “É este tipo de valor agregado que o ITEP gera para a sociedade. Em 32 horas, transferimos um conhecimento que não foi visto em cinco anos na universidade. Os treinamentos técnicos especializados oferecidos pelo ITEP têm essa função, fundamental para o desenvolvimento do sistema territorial de inovação em Pernambuco”, destaca o presidente do ITEP, Antonio Vaz. 

 

Untitled Document